Cartaz Pequeno príncipe 1

O Pequeno Príncipe – Personagens

Data novembro 29 | Assunto Baby Class, Ballet, Ballet Fitness, Balllet para crianças, Danças, Espetáculo de Final de Ano, Espetáculos, Jazz, Jazz Adulto, Nossos Talentos, Pilates, Royal Academy of Dance, Sapateado, Sonhart, Sonhart Ballet | by | with No Comments

Cartaz Pequeno príncipe 2

Continuando  com a apresentação dos nossos personagens!!

O  Carneiro  e a caixa

“Quando o mistério  é muito impressionante, a  gente não  ousa desobedecer.”

Nada pode corresponder ao poder da nossa imaginação. Ela  supera o conhecimento,

pois não tem  limites, e nos impulsiona para novas  descobertas.

O  Rei

“É  preciso exigir de  cada um o que cada  um pode  dar.”

É o primeiro dos “donos  do mundo” que o Pequeno  Príncipe encontra nas galáxias.

O Rei  pensa que tudo  e todos são seus súditos  e tem necessidade de controlá-los.

Mas, com sabedoria, nos  ensina que  cada  um só pode  dar aquilo que tem.

O Homem de Negócios

“-   E de que te serve  possuir  as estrelas?

- Serve-me  para ser rico?

- E para que te serve  ser  rico?

- Para comprar outras  estrelas, se alguém achar.”

O  Homem de negócios  etá  tão ocupado  contando o que acumulou que não  pode desfrutar da vida.

O Pequeno  Príncipe nos faz ver  que isso  também é um vício.

O Acendedor de  Lampiões

” Aí é que está o drama! O planeta de  ano em ano gira mais depressa, e o regulamento  não muda.”

O  universo está em constante evolução. O homem , as crenças,  e  as  relações humanas também.

Mas  o acendedor  de  lampiões não tem o bom senso de questionar  as ordens  e trabalha sem parar,  mesmo sabendo que  não vai  chegar a lugar algum.

O Geógrafo

“É muito raro um oceano secar,  é raro uma montanha se mover…”

O geógrafo sabe  toda a teoria, mas não aplica seus conhecimentos.

Nunca  sai da sua mesa para  explorar as descobertas.

Como  um  bom burocrata, declara que isso é trabalho  de outra pessoa.

O Vaidoso

“Mas  o vaidoso  não ouviu. Os  vaidosos só  ouvem elogios.”

Ele nos faz lembrar que  precisamos reconhecer nossos próprios talentos e capacidades,  e não depender   de elogios dos outros  para nos auto-afirmar.

fonte:  www.opequenoprincipe.com

Pin It

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>

« »